top of page
  • Foto do escritorSTATO INTOO

Em novas situações, busque novas abordagens para alcançar resultados diferentes.


Quando enfrentamos uma situação que buscam um resultado que é crítico para o negócio normalmente tendemos a utilizar soluções e modus operandi que se mostraram confiáveis no passado, mas períodos de mercado desafiadores são os quais em que temos que exercitar o aprendizado, a adaptabilidade e a mudança com maior ênfase. Superar o “paradoxo da adaptabilidade” é sobre agir com intenção, criatividade e objetividade. Começando com aprender de novas formas, experimentando novas táticas, abordando questões com um mindset diferente do habitual, na busca de feedbacks e aplicando todos esses aprendizados em situações reais.

Em situações críticas é importante praticar a auto-regulação emocional, a habilidade de reconhecer, entender e gerenciar suas emoções e direcioná-las para comportamentos produtivos. Para desenvolver a inteligência emocional, você pode criar um diário para os momentos em que você se sente emocionalmente exposto e descreva seus pensamentos e sensações físicas que você experimentou e as ações que tomou nessas situações.

Por fim, pratique a consciência dupla, ou seja, considere suas circunstâncias internas (experiências, pensamentos, emoções e respostas) e externas (um olhar preciso sobre a circunstância e seu objetivo). Depois desta análise, pause por um momento faça uma reflexão da situação como um todo; desta forma você entenderá melhor não apenas seus sentimentos de maneira genuína, mas também, suas motivações e intenções e a necessidade real da situação em questão e como seus hábitos e conhecimento prévio podem te dar suporte na resolução do tema em questão.


Em um mercado de mudanças constantes e de necessidade de adaptação é essencial que “soft skills” sejam constantemente aprimoradas para um melhor desempenho profissional, neste contexto a STATO possui um time de consultores sêniores que podem lhe ajudar a se adaptar da melhor maneira a situações que muitas vezes causam estresse e perda de desempenho profissional.


Comments


bottom of page