• STATO

Por que negligenciamos a carreira quando focamos apenas no trabalho?



Uma posição corporativa é passageira. Já a carreira pode ser única, ou até uma sequência lógica de novas carreiras. Quando nos concentramos exclusivamente no momento de trabalho, sem um olhar sistêmico e estratégico de carreira, estamos negligenciando possibilidades futuras de crescimento e deixando de lado uma carreira de médio e longo prazo, que pode - ou não - estar atrelada ao trabalho atual. Ficamos dependentes de movimentos de carreira do tipo "deixe a vida me levar" sem protagonismo da carreira e sem plano de ação concreto de próximos passos baseado em reflexões sobre o futuro.


Se nesse momento você pensou no PDI que desenvolveu na sua posição atual, não deixe de levar em consideração que ele tem "sobrenome corporativo", é focado na posição dentro de uma determinada organização. Ele pode, e deve, ser parte da sua visão macro de carreira, mas não deve ser a única ferramenta de reflexão, pois o tempo de permanência em uma empresa sempre será normalmente uma incógnita ou no máximo uma estimativa.


Se você ainda não teve a oportunidade de olhar para a sua carreira com visão estratégica, levando em consideração todos os aspectos importantes no desenho da trajetória que você deseja, converse com um dos especialistas em carreira da STATO sobre o modelo de programa mais adequado ao seu momento de carreira.


Publicação adaptada do artigo “Don’t Focus on Your Job at the Expense of Your Career,” por Dorie Clark.